Você sabia que um curso de Design Gráfico pode oferecer inúmeras oportunidades profissionais?

Muito se ouve falar sobre a profissão de Design Gráfico já que, a realidade está cada vez mais tecnológica e visual. Por isso, o que não falta é espaço para que bons designers se destaquem no mercado de trabalho. Esse profissional tem como função informar e transmitir mensagens para um grande público através de uma imagem ou conceito visual.

A profissão em ascensão é voltada para quem tem habilidade com desenhos e projetos, além de um perfil bastante criativo. Uma boa maneira de se qualificar de forma rápida e eficaz é investir em cursos. Descubra como!

Quais os conteúdos que um designer gráfico produz?

O designer gráfico pode atuar em diferentes ambientes de comunicação que exijam criatividade e planejamento para gerar resultados.

O trabalho será realizado através do domínio de ferramentas de desenho e manipulações. Além disso, é interessante dominar noções sobre semiótica, fotografia, modelagem 3D, produção gráfica etc. Confira quais conteúdos visuais um designer gráfico pode criar:

  • Interfaces;
  • Outdoors;
  • Panfletos e cartões;
  • Ilustrações;
  • Tipografias;
  • Infografias;
  • Gifs;
  • Cards para redes sociais;
  • Animações;
  • Diagramação;
  • Edição de fotos;
  • Edição de vídeos;
  • Modelagens 3D;
  • Web Design (criação de sites);
  • Branding (criação de logos).

Essa é uma profissão regulamentada?

Não é regulamentada. Mas, essa é uma área muito complexa pois, além dos conceitos visuais, ainda é necessário dominar diferentes programas digitais. Apenas um profissional que estudou consegue transmitir segurança em fazer trabalhos esteticamente profissionais.

Em quais áreas esse profissional pode atuar?

Além de estar em ascensão, o design gráfico também é uma área versátil. Com a devida capacitação, conseguir emprego em diferentes mercados de atuação se torna mais fácil. Alguns segmentos que necessitam do design gráfico são: animação, branding, design editorial, design de embalagens e ainda direção de arte. Locais onde é possível conseguir uma vaga de emprego:

  • Agência gráfica;
  • Escritório de design gráfico;
  • Agência de marketing;
  • Produtoras de vídeos;
  • Agência de publicidade;
  • Editoras de livros;
  • Jornais e revistas.

Além dessas possibilidades, o profissional também pode trabalhar como freelancer, de forma independente. Essa é uma forma muito viável de atuar na profissão já que o designer possui mais liberdade para organizar seus horários e empreender.

Curso de Design Gráfico EAD BIT: quais são os programas utilizados?

A BIT Cursos valoriza um bom designer gráfico. Por isso, oferecemos três cursos na área: iniciante, avançado e profissional. Todos são realizados de forma totalmente online (ensino à distância – EAD) mas com diferentes cargas horárias. Além dos conceitos da profissão, os alunos aprenderão a mexer nos principais programas da área.

Photoshop

Muito utilizado para tratamento de fotos e cards, esse programa é considerado o melhor editor de imagens. Não trabalha com vetores, mas sim com bitmaps. É muito utilizado para criação de artes para web, sites, cenários de vídeos e também por fotógrafos.

Illustrator

Esse programa faz parte do Pacote Adobe (que oferece ferramentas complementares) e possui grande capacidade em recursos artísticos. Mais complexo, é mais indicado para criação de web sites, diagramação e interfaces.

Corel Draw

Um dos primeiros programas de editoração vetorial do mundo, o Corel é um dos mais utilizados nas gráficas por ser bastante intuitivo. É muito indicado para quem trabalha com criação de logotipo, papelaria e publicidade impressa.

Qual o diferencial do curso de Design Gráfico EAD BIT?

Mesmo a distância, a BIT Cursos oferece flexibilidade de horários e suporte online sempre após as aulas. As dúvidas podem ser tiradas via WhatsApp com nossos instrutores. Acesse nosso site e confira os nossos cursos online, todos com 50% de desconto!