Ter um inglês considerado fluente é pré-requisito para muitas vagas de emprego, principalmente, as de cargos e salários mais altos. Uma pesquisa divulgada recentemente pela empresa Catho mostrou que apenas 3,4% dos candidatos a vagas conseguem se comunicar fluentemente em assuntos variados no idioma. Ou seja, ter o inglês no currículo pode não ser o suficiente para garantir um bom emprego, além disso, é preciso ter um bom conhecimento do idioma, tanto oral quanto escrito.

Veja abaixo algumas dicas de como ter um inglês fluente:

1. Estude

Pode parecer redundante, mas, para conseguir alcançar a fluência em qualquer idioma, a principal coisa que você deve fazer é estudar. Matricule-se em um bom curso de inglês e se dedique bastante, aproveite ao máximo as aulas, tanto para aprender o vocabulário, quanto para colocá-lo em prática durante as conversações;

2. Mantenha-se em constante contato com a língua

Assistir a filmes e séries, conversar com estrangeiros por telefone ou skype e ouvir músicas em inglês são ótimas e simples maneiras de estar sempre em contato com o idioma, acostumando os ouvidos, aprendendo novas palavras, entre outros;

3. Não tente fazer traduções literais

Pensar na frase em português para depois tentar traduzi-la para o inglês é uma das coisas que mais prejudicam a fluência, afinal, para que a conversa flua normalmente, você precisa ter um raciocínio rápido e, para isso, já pensar em inglês. Além disso, as construções verbais não são as mesmas e você pode acabar se embaralhando;

4. Treine a pronúncia

Por fim, a pronúncia é essencial para quem quer falar inglês fluente. Pratique exercícios de listening, escute a própria pronúncia e compare com a original e tente se aproximar ao máximo de um falante nativo.