Aprender outro idioma é sempre um desafio na vida das pessoas. Mas, não precisa ser visto como um grande obstáculo. Afinal, existem muitos mitos que envolvem o processo de aprendizagem, especialmente no caso do inglês, devido à sua importância. Nesse artigo, será possível descobrir que o domínio da língua é mais simples do que aparenta. Confira:

5 mitos do inglês

Infelizmente, muitas pessoas temem iniciar o ensino do inglês por se sentirem incapazes. Alguns boatos e mitos sobre os cursos de inglês acabam desencorajando ótimos alunos. Mas, para evitar a falta de informação e apoiar o aprendizado, iremos desmistificar cinco dos mais relevantes mitos sobre o inglês que todo mundo já ouviu.

“Só devo falar em inglês quando dominar a língua”

Se o aluno esperar se sentir totalmente seguro, perderá muito tempo e oportunidades de aprendizado. Assim que souber um pouco de vocabulário e alguns fundamentos básico, comece a praticar o “speaking”! Apenas a prática faz com que o aluno descubra o que é mais difícil de aprender e, então, se dedique em dominar esse tema. Além disso, as aulas servem para corrigir os erros.

“Só aprende inglês quem mora fora”

O sucesso no aprendizado de qualquer assunto requer somente de um bom professor. É evidente que é muito eficaz aprender um idioma estando inserido em um contexto nativo, especialmente quando se trata do aprimoramento do vocabulário. Mas, com a tecnologia e as novas metodologias, é possível aprender inglês de forma efetiva aqui no Brasil.

O que vai definir um bom resultado é o empenho do aluno, já que o processo de aprendizagem é individual. Existem muitas pessoas que moram em países nativos há anos, mas não conseguem aprender o idioma corretamente.

“Um bom curso deve ser longo”

Aprendizado não tem a ver com tempo e sim com o perfil do estudante. Não é um curso de um fim de semana que irá deixar uma pessoa fluente, mas, atualmente existem diversos modelos de cursos intensivos no mercado, indicados para as necessidades exclusivas de cada aluno.

“A gramática é a parte mais importante”

A parte mais complexa do aprendizado de qualquer língua é a gramática. As suas regras barram e frustram muitas pessoas. Mas, ao contrário do que se pensa, não é necessário dominar toda a gramática de um idioma para conseguir se comunicar dentro dele.

Um exemplo é o nosso dia a dia: mesmo falando o português, muitas pessoas não dominam a gramática em sua totalidade. O importante é saber utilizar as regras certas dentro de um contexto.

“Existem pessoas que nunca irão aprender”

É importante saber que todas as pessoas estão aptas a aprender a língua, independente de perfil e faixa etária. Apesar de crianças terem mais facilidade, os adultos, em qualquer fase, também podem aprender. É normal que existam pessoas mais tímidas para falar. Por isso, é importante encontrar um curso em que se sinta confortável.

Como tornar o inglês mais prazeroso?

Outra má fama que o inglês leva é de que estudá-lo seja uma tarefa chata e difícil. É claro que se o aprendizado for visto como uma obrigação, ficará complicado. Mas, se o aluno quer aprender, o que importa é tornar esse processo mais prazeroso. Algumas dicas:

  • Estude assuntos incluídos em sua realidade;
  • Assista a filmes, séries e desenhos de sua preferência, em inglês;
  • Aprenda sobre assuntos do seu gosto;
  • Leia livros engraçados e infantis.

Aprenda inglês na BIT Cursos

Existem diversos métodos de ensino disponíveis. Algum deles irão se adequar ao seu perfil! Para descobrir o quanto o inglês pode ser prazeroso, entre em contato com a BIT Cursos. Com diferentes metodologias e professores renomados, entregamos um ensino de qualidade. Faça contato, peça um orçamento e confira as nossas vantagens.