Atualmente, o inglês não é mais um diferencial, mas sim um aprendizado necessário na vida dos brasileiros. E isto se dá em vários aspectos da vida, mas, principalmente no mercado de trabalho, onde muitas pessoas ainda perdem grandes oportunidades por não dominarem o idioma. Hoje em dia existem os cursos de inglês, que ensinam a língua para crianças e adultos e não há mais motivos para ficar para trás.

Veja algumas oportunidades que muitos brasileiros ainda perdem por não serem fluentes no idioma:

1 – Importantes vagas de trabalho

A empresa que você sempre quis trabalhar divulga a vaga dos seus sonhos. No entanto, um dos pré-requisitos para preenchê-la é saber falar inglês. Você pode até ter experiência na área, mas se não consegue atender a uma das exigências, com certeza, não será contratado. O Inglês é língua universal no mercado do trabalho. Resumindo, ter domínio do idioma é essencial para ser contratado por grandes empresas.

2 – Aprendizado e cultura em geral

Quem não fala Inglês terá uma vida de aprendizado limitada:

  • não será possível ler artigos e textos disponíveis gratuitamente em Inglês na internet,
  • não poderá viajar a serviço da empresa para um evento em um país onde se fala o Inglês,
  • não poderá manter contato com um cliente estrangeiro que não fale português
  • e dificilmente conseguirá fazer os variados cursos ou assistir às palestras que não possuem legenda ou tradução simultânea em Português.

Ou seja, dominar o Inglês pode abrir várias portas!

3 – Oportunidade de ganhar maiores salários

Os que não dominam o Inglês perdem a chance de receber os melhores salários que o mercado de trabalho. Profissionais bilíngues ou trilíngues tendem a ter as melhores oportunidades de trabalho. De acordo com pesquisa divulgada em 2015 pela Catho, quem tem o Inglês fluente pode ganhar até 50% a mais de que quem tem apenas o básico.

4 – Comunicações nas viagens de lazer e turismo

As pessoas têm a falsa ilusão de que conseguirão “se virar” quando viajarem para países onde se fala a língua inglesa, mesmo sem dominar o idioma. No entanto, situações diversas podem acontecer e o seu inglês “nível básico” poderá não conseguir lhe atender.